"As Brabas" da Vela!

Martine Grael e Kahena Kunze conquistam bicampeonato olímpico em Tóquio... - Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/olimpiadas/ultimas-noticias/2021/08/03/martine-grael-kahena-kunze-medal-race-olimpiadas.htm?cmpid=copiaecola

Foto reprodução

 

As brasileiras Martine Grael e Kahena Kunza conquistaram novamente o ouro olímpico na classe 49er FX nesta terça (3) na Baía de Enoshima, no Japão. Com uma atuação muito segura na medal race, a regata decisiva, elas ficaram na terceira posição, posição suficiente para que conquistassem o ouro pela segunda vez em suas carreiras. A medalha de prata ficou com as alemãs Tina Lutz e Susann Beucke. 

Já a medalha de bronze ficou com as holandesas Annemiek Bekkering e Annette Duetz

As brasileiras chegaram à final na segundo colocação geral da regata e, caso não ganhassem a regata, precisavam de ficar à frente das holandesas para conquistar o ouro. Durante todo o percurso, Martine e Kahena se manteram com tranquilidade a frente das adversárias, seguindo de perto as argentinas Victoria Travassio e Maria Sol Braz, que lideraram de ponta a ponta a regata decisiva. As argentinas ficaram ganharam a medal race, seguidas pelas norueguesas Marie Roenningen e Helene Naess. As brasileiras fecharam o top 3 da prova. As holandesas Annemiek Bekkering e Annette Duetz terminaram na nona colocação e Susann Beucke e Tina Luz, alemãs, ficaram na quinta colocação. 

 

Martine e Kahena em ação na regata que garantiu a medalha de ouro para o Brasil (Foto: REUTERS/Carlos Barria)

 

A REGATA

A largada das brasileiras foi bem forte e logo brigaram pela ponta. Na primeira das quatro marcações, elas chegaram brigando pela liderança com as argentinas e estavam à frente das holandesas, as principais adversárias. Indo para segunda perna da regata, as brasileiras perderam contato com a embarcação argentina, mas seguiam no pelotão da frente na frotilha.

Na terceira marcação, as argentinas e norueguesas dispararam pela liderança e seguiram brigando pela vitória da última prova da classe nas Olimpíadas. Martine e Kahena seguiram em terceiro colocado, sem sustos, mantendo o resultado que lhes dava a medalha de ouro. Na última perna da regata, as posições se manteram e as brasileiras conquistaram novamente o ouro olímpico.

 

Autor: UOL Notícias

Comentários