A Principal categoria do automobilismo Mundial pode esta voltando para o Rio de Janeiro

Revista Veja afirma que GP do Brasil será transferido para a Cidade Maravilhosa; anúncio esta previsto para ser feito esta semana

Largada do último GP do Brasil disputado no Rio de Janeiro, em 1989 — Foto: Getty Images

Por Victor D. Berto / F1Mania

 

O GP do Brasil fez sua estreia em 1972 no circuito de Interlagos. No entanto, não fazia parte do Mundial de Fórmula 1 naquela época. Mas, com o passar do tempo, tornou-se uma das corridas favoritas dos fãs da F1 por todo o mundo.

No entanto, de acordo com rumores e uma reportagem da ‘Revista Veja’, desenvolvimentos estão acontecendo no Rio de Janeiro. O plano é criar um novo circuito desenhado por Herman Tilke. Se o plano for em frente, poderia ser o fim para São Paulo em termos de receber um GP da F1.

O Rio não tem um circuito desde 2012, quando o Autódromo Nelson Piquet foi demolido. Isto foi feito para liberar espaço para a construção do Parque Olímpico da Rio 2016. O novo circuito foi um compromisso feito pelas autoridades cariocas antes dos Jogos. Agora, a MotoGP está de olho em um circuito para o seu GP do Brasil marcado para 2021.

Além disso, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, pretende anunciar a transferência da corrida da Fórmula 1 de São Paulo para o Rio de Janeiro ainda antes do Carnaval, que será entre os dias 2 e 6 de março. A licitação para a implementação, operação e manutenção do autódromo acontecerá no dia 21 de fevereiro. Se bem-sucedida, seria o primeiro passo para a saída de Interlagos do calendário da F1.

São Paulo continua no risco por conta da especulação imobiliária na área do seu autódromo. O risco de segurança do circuito também é outra coisa que está na cabeça da Liberty Media, com escoltas armadas sendo comuns para proteger as equipes e os convidados durante o fim de semana de corrida no Brasil.

Imagem do projeto do novo autódromo do Rio de Janeiro — Foto: Divulgação

O novo circuito no Rio promete um ambiente seguro com padrão de segurança moderno no local. Isto por conta da liberdade de ser proposta a construção em espaço aberto. Com 20 curvas, o circuito de 5,4 km proverá construções modernas com fácil acesso para a cidade para os espectadores, e diferente de Interlagos não construído na porta de favelas.

Confira como ficaram os carros das principais equipes da Formula 1, para temporada 2019:

 

Comentários